Selecionar: Como?

Festa do Basquetebol

Dezembro oferece-nos o primeiro processo de seleção de talentos no basquetebol português, com as Associações Distritais a aproveitarem as férias escolares para reunir as suas equipas de Sub-14 e Sub-16, de forma a iniciarem a preparação para a Festa do Basquetebol em 2015.

Este processo é um dos primeiro passos para a formação das futuras seleções nacionais. Em cada distrito, os respetivos selecionadores têm a função de identificar os jovens mais preparados para representar, numa primeira instância, o seu Distrito, tendo, claramente, como objetivo futuro, vir a representar a Seleção Nacional.

No entanto, este processo não estará uniformizado a nível nacional, parecendo não haver princípios unificadores no que à forma de identificar e selecionar talentos diz respeito. Isso mesmo é evidenciado numa pequena comparação entre as listas de convocados para as Seleções Distritais Femininas de Sub-14 e Sub-16 nos Distritos de Aveiro, Porto e Lisboa.

Convocatórias Femininas

Número de jogadoras convocadas por clube nas respetivas Seleções Distritais Femininas

Perante os dados deste quadro, salta à vista uma tendência, defendida nas equipas femininas de Lisboa, que permite que todas as equipas presentes nas respetivas Finais 6 tenham quatro jogadoras selecionadas, às quais são adicionadas duplas de todas as restantes equipas participantes no quadro competitivo. Já pelos exemplos recolhidos em Aveiro e Lisboa, depreende-se que esta primeira convocatória é já fruto de uma análise das jogadoras presentes nas respetivas competições, percebendo-se escolhas necessárias para que se chame a este processo uma seleção.

Por outro lado, deveria também estar definido que, no momento da apresentação das convocatórias distritais estivesse descriminado se a mesma inclui ou exclui os jogadores que estarão presentes nas Seleções Nacionais. Pelos exemplos consultados, Lisboa não convoca os seus jogadores que estarão presentes na Seleção Nacional de Sub-16 Masculina, mas convoca as jogadoras da Seleção Nacional de Sub-16 Feminina. No caso do Porto, não existem dúvidas, o princípio é apresentar na convocatória também os jogadores que, por estarem eventualmente ao serviço da Seleção Nacional, terão que faltar ao treino no seu distrito.

Não se estaria perante um melhor caminho se as diretrizes destas seleções estivessem definidas de forma universal para todas as Associações do país? E também que houvesse um espaço no site da Federação onde cada Associação apresentasse as suas convocatórias? Selecionar é uma arte que não está independente da sua comunicação.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s